Fontes de energia são os recursos usados para gerar a energia que utilizamos para movimentar nossos carros, esquentar água ou gerar eletricidade. Neste texto vamos focar nas principais que são utilizadas como matéria prima, no Brasil e no mundo, para a geração de energia elétrica. 

Fontes de energia são os recursos usados para gerar a energia que utilizamos para movimentar nossos carros, esquentar água ou gerar eletricidade. Neste texto vamos focar nas principais que são utilizadas como matéria prima, no Brasil e no mundo, para a geração de energia elétrica.

Essa é uma área de estudo muito importante, uma vez que a energia elétrica é algo tão essencial em nosso dia a dia. Pense em sua rotina e vai perceber que utiliza a eletricidade em quase todos, se não em todos, os momentos do seu dia.

 

Agora que você já tem uma ideia do que são fontes de energia e o tamanho da sua importância, podemos começar a entendê-las. Primeiramente, é importante saber que existem dois tipos principais de fontes de energia, as renováveis e as não renováveis.

Energias renováveis

As fontes de energia renováveis, como o próprio nome diz, são aquelas que não se esgotam, ou seja, se renovam na natureza. Por isso, são consideradas uma opção mais sustentável, ajudando na diminuição dos impactos ambientais.

São exemplos de energias renováveis: hidráulica, solar, eólica, geotérmica, biomassa, biogás e maremotriz.

Energias não renováveis 

Ao contrario das renováveis, as energias não renováveis são aquelas que podem se esgotar na natureza pois levam muito tempo para se regenerarem.

São exemplos de fontes não renováveis: gás natural, petróleo, carvão e nuclear.

Essa é uma área de estudo muito importante, uma vez que a energia elétrica é algo tão essencial em nosso dia a dia. Pense em sua rotina e vai perceber que utiliza a eletricidade em quase todos, se não em todos, os momentos do seu dia. 

Agora que você já tem uma ideia do que são fontes de energia e o tamanho da sua importância, podemos começar a entendê-las. Primeiramente, é importante saber que existem dois tipos principais de fontes de energia, as renováveis e as não renováveis.

Energias renováveis

As fontes de energia renováveis, como o próprio nome diz, são aquelas que não se esgotam, ou seja, se renovam na natureza. Por isso, são consideradas uma opção mais sustentável, ajudando na diminuição dos impactos ambientais.

São exemplos de energias renováveis: hidráulica, solar, eólica, geotérmica, biomassa, biogás e maremotriz.

Energias não renováveis 

Ao contrario das renováveis, as energias não renováveis são aquelas que podem se esgotar na natureza pois levam muito tempo para se regenerarem. 

São exemplos de fontes não renováveis: gás natural, petróleo, carvão e nuclear.

Essa é uma área de estudo muito importante, uma vez que a energia elétrica é algo tão essencial em nosso dia a dia. Pense em sua rotina e vai perceber que utiliza a eletricidade em quase todos, se não em todos, os momentos do seu dia. 

Agora que você já tem uma ideia do que são fontes de energia e o tamanho da sua importância, podemos começar a entendê-las. Primeiramente, é importante saber que existem dois tipos principais de fontes de energia, as renováveis e as não renováveis.

Energias renováveis

As fontes de energia renováveis, como o próprio nome diz, são aquelas que não se esgotam, ou seja, se renovam na natureza. Por isso, são consideradas uma opção mais sustentável, ajudando na diminuição dos impactos ambientais.

São exemplos de energias renováveis: hidráulica, solar, eólica, geotérmica, biomassa, biogás e maremotriz.

Energias não renováveis 

Ao contrario das renováveis, as energias não renováveis são aquelas que podem se esgotar na natureza pois levam muito tempo para se regenerarem. 

São exemplos de fontes não renováveis: gás natural, petróleo, carvão e nuclear.

E o que são fontes de energia limpas, alternativas e sustentáveis?

Além desses dois tipos principais existem outros que serão importantes para entendermos bem cada tipo de fonte de energia.

  • Limpas: são aquelas que não liberam gases poluentes durante o processo de produção de energia;
  • Alternativas: são aquelas que não utilizam combustíveis fósseis;
  • Sustentáveis: são aquelas que dão importância ao desenvolvimento social e econômico associado à preservação do meio ambiente.

É importante ressaltar que uma fonte de energia pode ser classificada por mais de um desses tipos. Por exemplo, a energia nuclear é não renovável, limpa e alternativa.

Com esses conceitos em mente podemos entender as fontes de energia e suas principais características.

Fontes renováveis, limpas, alternativas e sustentáveis de energia

Energia Hidráulica

A energia hidráulica é a principal fonte de energia utilizada no Brasil. As usinas hidrelétricas utilizam a força da água dos rios, contidos em barragens, para movimentar enormes turbinas ligadas a geradores que transformam a energia cinética em elétrica.

E o que são fontes de energia limpas, alternativas e sustentáveis? 

Além desses dois tipos principais existem outros que serão importantes para entendermos bem cada tipo de fonte de energia.

  • Limpas: são aquelas que não liberam gases poluentes durante o processo de produção de energia;
  • Alternativas: são aquelas que não utilizam combustíveis fósseis;
  • Sustentáveis: são aquelas que dão importância ao desenvolvimento social e econômico associado à preservação do meio ambiente.

É importante ressaltar que uma fonte de energia pode ser classificada por mais de um desses tipos. Por exemplo, a energia nuclear é não renovável, limpa e alternativa. 

Com esses conceitos em mente podemos entender as fontes de energia e suas principais características. 

Fontes renováveis, limpas, alternativas e sustentáveis de energia

Energia Hidráulica 

A energia hidráulica é a principal fonte de energia utilizada no Brasil. As usinas hidrelétricas utilizam a força da água dos rios, contidos em barragens, para movimentar enormes turbinas ligadas a geradores que transformam a energia cinética em elétrica. 

aumento-de-resultados-no-mercado-digital

 

Apesar de ser uma fonte de energia sustentável, a energia hidráulica causa um impacto ambiental onde são construídas devido às áreas que são inundadas para sua instalação. Isso impacta a fauna e a flora, interfere a migração de peixes e ainda podem causar consequências sociais, caso seja necessária uma desapropriação de moradores locais.

Apesar de ser uma fonte de energia sustentável, a energia hidráulica causa um impacto ambiental onde são construídas devido às áreas que são inundadas para sua instalação. Isso impacta a fauna e a flora, interfere a migração de peixes e ainda podem causar consequências sociais, caso seja necessária uma desapropriação de moradores locais.

Energia Solar

Existem duas formas que permitem geração de eletricidade por meio da luz do sol.

A primeira delas é a fotovoltaica, mais conhecida aqui no Brasil. Ela se baseia em captar os raios solares por meio de painéis fotovoltaicos que ficam expostos sob a luz do sol. A energia solar é transformada em energia elétrica por meio de um inversor.

Esse tipo de fonte de energia ganhou destaque nos últimos anos por poder assumir pequenas dimensões, possibilitando a instalação dos painéis solares em residências. Seus custos ainda são elevados, mas o retorno financeiro do investimento ocorre em torno de até 4 anos.

Energia Solar 

Existem duas formas que permitem geração de eletricidade por meio da luz do sol.

A primeira delas é a fotovoltaica, mais conhecida aqui no Brasil. Ela se baseia em captar os raios solares por meio de painéis fotovoltaicos que ficam expostos sob a luz do sol. A energia solar é transformada em energia elétrica por meio de um inversor. 

Esse tipo de fonte de energia ganhou destaque nos últimos anos por poder assumir pequenas dimensões, possibilitando a instalação dos painéis solares em residências. Seus custos ainda são elevados, mas o retorno financeiro do investimento ocorre em torno de até 4 anos.

A segunda é a energia solar concentrada. Ela utiliza a energia solar térmica através de um sistema de espelhos refletores que concentram a energia solar em um ponto, o receptor. A alta temperatura gerada por essa concentração aquece um líquido dentro de um reservatório até seu ponto de ebulição. O vapor gerado movimenta uma turbina que faz a transformação para energia elétrica. Essa tecnologia possui um alto nível de complexidade e grandes dimensões e por isso é aplicada somente em grandes projetos, como as usinas.

A segunda é a energia solar concentrada. Ela utiliza a energia solar térmica através de um sistema de espelhos refletores que concentram a energia solar em um ponto, o receptor. A alta temperatura gerada por essa concentração aquece um líquido dentro de um reservatório até seu ponto de ebulição. O vapor gerado movimenta uma turbina que faz a transformação para energia elétrica. Essa tecnologia possui um alto nível de complexidade e grandes dimensões e por isso é aplicada somente em grandes projetos, como as usinas. 

Energia Eólica 

A energia eólica é produzida a partir da força dos ventos. Através de aerogeradores, que são turbinas eólicas integradas ao eixo de um cata vento, a energia cinética é convertida em energia elétrica. Apesar de ser uma fonte com impactos ambientais baixos não é muito utilizada por causa de seus altos custos. Além disso, ainda que se baseie em um recurso inesgotável, nenhuma região do mundo tem quantidade de vento suficiente para poder gerar energia exclusivamente dessa maneira.

Energia Geotérmica

A energia geotérmica é obtida por meio do calor existente no interior da Terra. Para a geração de energia elétrica poços devem ser abertos até os reservatórios de água quente e vapor subterrâneos. Tubos apropriados são instalados para conduzir o vapor quente até as turbinas. A energia mecânica do movimento de suas pás é transformada em energia elétrica por meio do gerador. Após passar pela turbina o vapor transforma-se em água no condensador e é conduzido para o reservatório subterrâneo novamente.

Uma curiosidade sobre essa fonte de energia é que em áreas onde a temperatura interna é muito alta ocorre um superaquecimento das águas termais que emergem na superfície formando fontes, minas ou pequenos lagos quentes. Assim a água quente é utilizada para o abastecimento de residências e também no turismo, como ocorre em Caldas Novas (GO).

Energia Geotérmica 

A energia geotérmica é obtida por meio do calor existente no interior da Terra. Para a geração de energia elétrica poços devem ser abertos até os reservatórios de água quente e vapor subterrâneos. Tubos apropriados são instalados para conduzir o vapor quente até as turbinas. A energia mecânica do movimento de suas pás é transformada em energia elétrica por meio do gerador. Após passar pela turbina o vapor transforma-se em água no condensador e é conduzido para o reservatório subterrâneo novamente. 

Uma curiosidade sobre essa fonte de energia é que em áreas onde a temperatura interna é muito alta ocorre um superaquecimento das águas termais que emergem na superfície formando fontes, minas ou pequenos lagos quentes. Assim a água quente é utilizada para o abastecimento de residências e também no turismo, como ocorre em Caldas Novas (GO).

Biomassa 

Biomassa é a matéria orgânica, de origem animal ou vegetal, que pode ser usada para produção de calor. Além de ser usada diretamente na geração de eletricidade, a biomassa pode ser transformada em outras fontes de energias como o carvão vegetal, o etanol, biodiesel e o biogás que também podem ser transformadas em energia elétrica.

Para a produção de energia elétrica os materiais orgânicos são utilizados como combustíveis para aquecer caldeiras, gerando vapor que acionam as turbinas ligadas à geradores que transformam essa energia em energia elétrica. No Brasil, a biomassa mais comum provém do bagaço da cana-de-açúcar.

Apesar da queima da biomassa produzir dióxido de carbono, ela é considerada uma fonte de energia limpa já que o CO2 é reaproveitado pela natureza para a fotossíntese. 

Essa é uma fonte de energia considerada uma tendência para o futuro, mas atualmente ainda é pouco usada e seus custos de instalação são altos.

Biomassa 

Biomassa é a matéria orgânica, de origem animal ou vegetal, que pode ser usada para produção de calor. Além de ser usada diretamente na geração de eletricidade, a biomassa pode ser transformada em outras fontes de energias como o carvão vegetal, o etanol, biodiesel e o biogás que também podem ser transformadas em energia elétrica.

Para a produção de energia elétrica os materiais orgânicos são utilizados como combustíveis para aquecer caldeiras, gerando vapor que acionam as turbinas ligadas à geradores que transformam essa energia em energia elétrica. No Brasil, a biomassa mais comum provém do bagaço da cana-de-açúcar.

Apesar da queima da biomassa produzir dióxido de carbono, ela é considerada uma fonte de energia limpa já que o CO2 é reaproveitado pela natureza para a fotossíntese. 

Essa é uma fonte de energia considerada uma tendência para o futuro, mas atualmente ainda é pouco usada e seus custos de instalação são altos.

Maremotriz 

A energia maremotriz é obtida através das alterações do nível das marés. O sistema mais utilizado é o de barragens que captam a água durante a maré alta e a armazena até a maré baixa, quando essa água é liberada passando por uma turbina para gerar energia elétrica. Esse processo se assemelha com o que ocorre nas hidrelétricas.

Maremotriz 

A energia maremotriz é obtida através das alterações do nível das marés. O sistema mais utilizado é o de barragens que captam a água durante a maré alta e a armazena até a maré baixa, quando essa água é liberada passando por uma turbina para gerar energia elétrica. Esse processo se assemelha com o que ocorre nas hidrelétricas. 

Maremotriz 

A energia maremotriz é obtida através das alterações do nível das marés. O sistema mais utilizado é o de barragens que captam a água durante a maré alta e a armazena até a maré baixa, quando essa água é liberada passando por uma turbina para gerar energia elétrica. Esse processo se assemelha com o que ocorre nas hidrelétricas. 

Uma outra forma de aproveitamento é a partir das correntes da maré. São utilizadas turbinas submersas ligadas à um gerador. As correntes marítimas movimentam as turbinas e o gerador transforma a energia ligada a esse movimento em energia elétrica.

Uma outra forma de aproveitamento é a partir das correntes da maré. São utilizadas turbinas submersas ligadas à um gerador. As correntes marítimas movimentam as turbinas e o gerador transforma a energia ligada a esse movimento em energia elétrica.

Fontes não renováveis de energia

Combustíveis fósseis

Os combustíveis fósseis são aqueles gerados por meio da decomposição lenta de matéria orgânica e não são considerados fontes renováveis porque essa decomposição leva milhares de anos. Eles são capazes de gerar energia a partir da sua queima. Os principais combustíveis fósseis são o gás natural, o petróleo e o carvão mineral.

Nas usinas termelétricas, muito utilizadas ao redor do mundo, o vapor produzido a partir dessa queima é utilizado para movimentar uma turbina ligada a um gerador, que transforma a energia obtida em energia elétrica.

Fontes não renováveis de energia

Combustíveis fósseis 

Os combustíveis fósseis são aqueles gerados por meio da decomposição lenta de matéria orgânica e não são considerados fontes renováveis porque essa decomposição leva milhares de anos. Eles são capazes de gerar energia a partir da sua queima. Os principais combustíveis fósseis são o gás natural, o petróleo e o carvão mineral.

Nas usinas termelétricas, muito utilizadas ao redor do mundo, o vapor produzido a partir dessa queima é utilizado para movimentar uma turbina ligada a um gerador, que transforma a energia obtida em energia elétrica.

Gás natural

O gás natural é a fonte mais utilizada no Brasil para geração de eletricidade a partir da queima de combustíveis. Ele é composto por diferentes hidrocarbonetos leves e pode ser obtido em jazidas de petróleo ou da queima da biomassa – nesse caso é conhecido como biogás e integra as formas de energia provenientes da biomassa, que é renovável.

Apesar de ser uma fonte de energia não limpa, em sua queima, o gás natural emite baixos índices de poluentes em comparação a outros combustíveis fósseis e possui um alto poder calorífico.

Petróleo

Assim como o gás natural o petróleo é uma mistura de hidrocarbonetos. Pode ser encontrado na terra e no mar e sua extração é um dos principais responsáveis pela poluição dos oceanos.

No Brasil, o uso do petróleo é mais comum para a produção de gasolina e outros combustíveis utilizados em automóveis. Entretanto, em diversos países do mundo, essa fonte de energia é uma das principais responsáveis pela geração de energia elétrica. Em todo o mundo, o petróleo e seus derivados são responsáveis por aproximadamente 4% da produção de eletricidade.

Carvão

O carvão é o combustível mais utilizado em usinas termelétricas no mundo. Ele é composto principalmente por carbono e a porcentagem desse elemento químico interfere diretamente em seu poder calorífico. É uma das fontes de energia com melhor custo benefício, possui alta eficiência energética e reservas em diversos lugares do mundo. Entretanto, é o combustível fóssil mais poluente pois provoca danos ambientais tanto em sua extração, que impacta os recursos hídricos e solos locais, quanto em sua utilização, já que a queima de combustíveis fósseis emite gases poluentes que agravam o efeito estufa.

Energia Nuclear

A energia nuclear é obtida por meio da fissão de material radioativo, como o urânio enriquecido, em um reator nuclear.

O princípio de funcionamento de uma usina nuclear é bem parecido com o de uma termelétrica. O calor gerado pela fissão aquece a água, transformando-a em vapor, que movimenta uma turbina ligada a um gerador e esse produz a corrente elétrica. Assim como as termelétricas, as usinas nucleares não dependem de fatores climáticos.

Apesar de ser uma fonte de energia limpa, pois não emite gases poluentes, existe uma grande preocupação a respeito do alto risco de acidentes nucleares. Além disso, esse tipo de fonte de energia possui um alto custo de geração.

No Brasil existem duas usinas nucleares, Angra I e Angra II, ambas localizadas em Angra dos Reis.

Gás natural 

O gás natural é a fonte mais utilizada no Brasil para geração de eletricidade a partir da queima de combustíveis. Ele é composto por diferentes hidrocarbonetos leves e pode ser obtido em jazidas de petróleo ou da queima da biomassa – nesse caso é conhecido como biogás e integra as formas de energia provenientes da biomassa, que é renovável.

Apesar de ser uma fonte de energia não limpa, em sua queima, o gás natural emite baixos índices de poluentes em comparação a outros combustíveis fósseis e possui um alto poder calorífico. 

Petróleo 

Assim como o gás natural o petróleo é uma mistura de hidrocarbonetos. Pode ser encontrado na terra e no mar e sua extração é um dos principais responsáveis pela poluição dos oceanos. 

No Brasil, o uso do petróleo é mais comum para a produção de gasolina e outros combustíveis utilizados em automóveis. Entretanto, em diversos países do mundo, essa fonte de energia é uma das principais responsáveis pela geração de energia elétrica. Em todo o mundo, o petróleo e seus derivados são responsáveis por aproximadamente 4% da produção de eletricidade. 

Carvão 

O carvão é o combustível mais utilizado em usinas termelétricas no mundo. Ele é composto principalmente por carbono e a porcentagem desse elemento químico interfere diretamente em seu poder calorífico. É uma das fontes de energia com melhor custo benefício, possui alta eficiência energética e reservas em diversos lugares do mundo. Entretanto, é o combustível fóssil mais poluente pois provoca danos ambientais tanto em sua extração, que impacta os recursos hídricos e solos locais, quanto em sua utilização, já que a queima de combustíveis fósseis emite gases poluentes que agravam o efeito estufa.

Energia Nuclear

A energia nuclear é obtida por meio da fissão de material radioativo, como o urânio enriquecido, em um reator nuclear. 

O princípio de funcionamento de uma usina nuclear é bem parecido com o de uma termelétrica. O calor gerado pela fissão aquece a água, transformando-a em vapor, que movimenta uma turbina ligada a um gerador e esse produz a corrente elétrica. Assim como as termelétricas, as usinas nucleares não dependem de fatores climáticos.

Apesar de ser uma fonte de energia limpa, pois não emite gases poluentes, existe uma grande preocupação a respeito do alto risco de acidentes nucleares. Além disso, esse tipo de fonte de energia possui um alto custo de geração.

No Brasil existem duas usinas nucleares, Angra I e Angra II, ambas localizadas em Angra dos Reis. 

Matriz energética no Brasil e no mundo

Matriz elétrica é o conjunto de fontes de energia disponíveis para a geração de eletricidade. Agora que conhecemos as principais fontes de energia do Brasil e do mundo, podemos comparar, através dos gráficos, as diferenças entre a matriz elétrica brasileira e a mundial.

MATRIZ ELÉTRICA NO BRASIL E NO MUNDO

Matriz elétrica é o conjunto de fontes de energia disponíveis para a geração de eletricidade. Agora que conhecemos as principais fontes de energia do Brasil e do mundo, podemos comparar, através dos gráficos, as diferenças entre a matriz elétrica brasileira e a mundial. 

Matriz energética brasileira

Conclusão:

Assim abordamos todas as fontes de energias, desde as fontes renováveis – como: Energia hidráulica, energia solar, energia eólica, energia geotérmica, biomassa e energia maremotriz – até as fontes não renováveis – como: energia produzida a partir de combustíveis fósseis e energia nuclear. Além disso, concluímos que a matriz energética mundial é sustentada, principalmente, em combustíveis fósseis enquanto a brasileira é bem mais voltada para as fontes de energia renováveis.

Conclusão

Assim abordamos todas as fontes de energias, desde as fontes renováveis – como: Energia hidráulica, energia solar, energia eólica, energia geotérmica, biomassa e energia maremotriz – até as fontes não renováveis – como: energia produzida a partir de combustíveis fósseis e energia nuclear. Além disso, concluímos que a matriz energética mundial é sustentada, principalmente, em combustíveis fósseis enquanto a brasileira é bem mais voltada para as fontes de energia renováveis.

Conclusão

Assim abordamos todas as fontes de energias, desde as fontes renováveis – como: Energia hidráulica, energia solar, energia eólica, energia geotérmica, biomassa e energia maremotriz – até as fontes não renováveis – como: energia produzida a partir de combustíveis fósseis e energia nuclear. Além disso, concluímos que a matriz energética mundial é sustentada, principalmente, em combustíveis fósseis enquanto a brasileira é bem mais voltada para as fontes de energia renováveis.