Atualmente, o mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais competitivo e se capacitar para além dos conhecimentos da sala de aula tem sido uma das principais preocupações dos estudantes, o que faz com que muitos busquem esse aprendizado em atividades extracurriculares.

Assim, se você é uma dessas pessoas, fazer parte de uma Empresa Júnior, como a CPE, pode ser um diferencial importante para conseguir uma boa oportunidade no mercado.

Mas o que é uma Empresa Júnior?

Uma empresa júnior é uma empresa formada por estudantes da graduação, que prestam serviços e realizam projetos relacionados a sua área de formação. Por isso, no dia-a-dia da empresa, os membros da organização têm contato, por meio da experiência prática, com conceitos técnicos e de gestão voltados para os projetos que executam.

E de que modo fazer parte de uma EJ, como a CPE, pode me ajudar no mercado de trabalho?

A missão do MEJ é “Formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil”. Nesse contexto, dentro das empresas juniores temos a oportunidade de experienciar a vivência empresarial, ao lidar com clientes e projetos reais e seus problemas, além de termos a liberdade para inovar e atuar como líderes da transformação que queremos em nossa empresa.

É exatamente por essas características que muitas empresas vêem no Movimento um berço de talentos para seus futuros profissionais. Um exemplo disso é a plataforma MEJ carreiras organizada pela Brasil Júnior (Confederação Brasileira das Empresas Juniores) onde há a divulgação de vagas de estágio e emprego exclusivas para membros e ex-membros de empresas juniores.

Isso nos leva ao próximo tópico: Networking. Além da oportunidade de muitas vezes estar em contato direto com pessoas de grandes empresas, fazer parte de uma empresa júnior significa se conectar com pessoas de diversos cursos e áreas, todas muito capazes e comprometidas com a mudança. Outrossim, a formação dessa rede de contatos é de grande ajuda quando falamos de buscar empregos.

E como a CPE fica no meio de tudo isso?

Essa conexão direta das empresas juniores com o mercado de trabalho pode ser muito bem exemplificada por antigos membros da CPE, que hoje estão em grandes empresas como Endeavor, Banco Inter, Localiza, DTI, CI&T, Sympla e outros. Isso decorre do fato de que na nossa empresa os membros têm a oportunidade de desenvolver habilidades técnicas e interpessoais muito alinhadas com o mercado.

Aprendizado técnico

Na nossa empresa desenvolvemos projetos nas áreas de Sistemas de Gestão, Sites, Plantas elétricas, consultoria e prototipação eletrônica e mais. No entanto, não há necessidade de conhecimento prévio para fazer parte da CPE. Durante a nossa fase de Trainee, capacitamos todos os nossos novos membros por meio de treinamentos e conteúdos que os tornam preparados para executar projetos das mais diferentes áreas do nosso portfólio.

Desenvolvimento de Soft-Skills

Dentro do ambiente empresarial os membros da CPE são constantemente desafiados e estimulados a desenvolverem habilidades comportamentais como pensamento inovativo, comunicação assertiva e gestão de tempo. Dessa forma, o desenvolvimento dessas habilidades está diretamente ligado à possibilidade dos membros passarem por diversas diretorias durante sua trajetória na empresa sendo elas: Presidência e Vice-Presidência, Comercial, Desenvolvimento, e Projetos.

Assim, em cada uma delas o membro tem acesso à vivências muito distintas, podendo trabalhar desde habilidades de negociação e persuasão na equipe de vendas até habilidades em Excel na parte administrativo-financeira.

Atualmente, o mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais competitivo e se capacitar para além dos conhecimentos da sala de aula tem sido uma das principais preocupações dos estudantes, o que faz com que muitos busquem esse aprendizado em atividades extracurriculares.

Assim, se você é uma dessas pessoas, fazer parte de uma Empresa Júnior, como a CPE, pode ser um diferencial importante para conseguir uma boa oportunidade no mercado.

Mas o que é uma Empresa Júnior?

Uma empresa júnior é uma empresa formada por estudantes da graduação, que prestam serviços e realizam projetos relacionados a sua área de formação. Por isso, no dia-a-dia da empresa, os membros da organização têm contato, por meio da experiência prática, com conceitos técnicos e de gestão voltados para os projetos que executam.

 

E de que modo fazer parte de uma EJ, como a CPE, pode me ajudar no mercado de trabalho?

A missão do MEJ é “Formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil”. Nesse contexto, dentro das empresas juniores temos a oportunidade de experienciar a vivência empresarial, ao lidar com clientes e projetos reais e seus problemas, além de termos a liberdade para inovar e atuar como líderes da transformação que queremos em nossa empresa.

É exatamente por essas características que muitas empresas vêem no Movimento um berço de talentos para seus futuros profissionais. Um exemplo disso é a plataforma MEJ carreiras organizada pela Brasil Júnior (Confederação Brasileira das Empresas Juniores) onde há a divulgação de vagas de estágio e emprego exclusivas para membros e ex-membros de empresas juniores.

Isso nos leva ao próximo tópico: Networking. Além da oportunidade de muitas vezes estar em contato direto com pessoas de grandes empresas, fazer parte de uma empresa júnior significa se conectar com pessoas de diversos cursos e áreas, todas muito capazes e comprometidas com a mudança. Outrossim, a formação dessa rede de contatos é de grande ajuda quando falamos de buscar empregos.

 

E como a CPE fica no meio de tudo isso?

Essa conexão direta das empresas juniores com o mercado de trabalho pode ser muito bem exemplificada por antigos membros da CPE, que hoje estão em grandes empresas como Endeavor, Banco Inter, Localiza, DTI, CI&T, Sympla e outros. Isso decorre do fato de que na nossa empresa os membros têm a oportunidade de desenvolver habilidades técnicas e interpessoais muito alinhadas com o mercado.

 

Aprendizado técnico

Na nossa empresa desenvolvemos projetos nas áreas de Sistemas de Gestão, Sites, Plantas elétricas, consultoria e prototipação eletrônica e mais. No entanto, não há necessidade de conhecimento prévio para fazer parte da CPE. Durante a nossa fase de Trainee, capacitamos todos os nossos novos membros por meio de treinamentos e conteúdos que os tornam preparados para executar projetos das mais diferentes áreas do nosso portfólio.

Desenvolvimento de Soft-Skills

Dentro do ambiente empresarial os membros da CPE são constantemente desafiados e estimulados a desenvolverem habilidades comportamentais como pensamento inovativo, comunicação assertiva e gestão de tempo. Dessa forma, o desenvolvimento dessas habilidades está diretamente ligado à possibilidade dos membros passarem por diversas diretorias durante sua trajetória na empresa sendo elas: Presidência e Vice-Presidência, Comercial, Desenvolvimento, e Projetos.

Assim, em cada uma delas o membro tem acesso à vivências muito distintas, podendo trabalhar desde habilidades de negociação e persuasão na equipe de vendas até habilidades em Excel na parte administrativo-financeira.

 

Investimento nos membros da CPE

Pelo fato de ser uma empresa júnior, na CPE os membros trabalham de maneira voluntária, ou seja não podem receber um salário. Contudo, todo o lucro da empresa, arrecadado por meio da venda de projetos, é reinvestido nos membros. Desse modo, a depender de seus resultados a empresa pode pagar treinamentos externos, eventos e viagens, como um meio de capacitar e desenvolver os membros.

E aí ficou interessado em fazer parte do movimento? As inscrições para o processo seletivo da CPE estão abertas! Clique aqui para se inscrever. Venha fazer parte da nossa equipe!

Seminário de Gestão 2019.2

Investimento nos membros da CPE

Pelo fato de ser uma empresa júnior, na CPE os membros trabalham de maneira voluntária, ou seja não podem receber um salário. Contudo, todo o lucro da empresa, arrecadado por meio da venda de projetos, é reinvestido nos membros. Desse modo, a depender de seus resultados a empresa pode pagar treinamentos externos, eventos e viagens, como um meio de capacitar e desenvolver os membros.

E aí ficou interessado em fazer parte do movimento? As inscrições para o processo seletivo da CPE estão abertas! Clique aqui para se inscrever. Venha fazer parte da nossa equipe!

Seminário de Gestão 2019.2