Eficiência gerencial: 5 motivos para medir a jornada dos seus funcionários

Você já se perguntou qual a produtividade na jornada de trabalho dos seus colaboradores? Assim como a maioria dos empreendedores e donos de empresas, você deve ter uma noção clara do rendimento total do seu negócio. Ou seja, o resultado geral de todo o trabalho realizado a cada semana, mês ou ano.

Não podemos negar que essa visão panorâmica auxilia na análise e na tomada de decisões, no entanto nem todos sabem que é possível dar um passo à frente.

É muito comum que os gestores não tenham controle sobre a produtividade e tempo trabalhado dos seus membros e, muitas vezes, nem veem valor nisso.  A maioria costuma estipular o número de horas que cada funcionário deve trabalhar, mas com isso seria possível analisar a produtividade de cada um deles?

Empreendedores têm buscado maneiras eficazes de examinar a jornada dos seus empregados. A análise do seu tempo e rendimento é, sem dúvidas, uma ferramenta poderosa nas mãos de qualquer gestor que quer alavancar o seu negócio.

Mas por que?

1- Atuação incisiva

Quando um gestor possui uma visão clara e detalhada da jornada de cada um dos seus liderados, sua atuação fica mais incisiva.

O líder, ao enxergar quanto tempo seus colaboradores têm trabalhado, os horários de entrada e de saída, atrasos ou faltas em compromissos importantes, poderá atuar melhor sobre problemas específicos de cada membro.

Não há dúvidas que existem grandes problemas com pontualidade que são a raíz de diversas complicações dentro de uma empresa. Pode-se dizer que uma ferramenta que oferece esse benefício guia os líderes, além de os tornar muito mais certeiros, mostrando-lhes a possível causa de diversos contratempos.

2- Redução de problemas internos

Vamos usar o exemplo das empresas juniores. É muito comum que as horas de trabalho sejam controladas por planilhas ou papéis, sendo que os únicos responsáveis pelo seu preenchimento são os membros.

Como empresas juniores não se enquadram em trabalho formal, não há tanto rigor nos horários quanto em algumas outras empresas e organizações. Cada EJ funciona de um jeito, mas em muitos casos espera-se que os membros cumpram uma carga horária mínima e estejam presentes na empresa em alguns horários específicos, previamente estabelecidos.

Se não há tanta rigidez na política de horários e os membros são os únicos responsáveis por preencher seus papéis ou planilhas, é fato que a probabilidade de haver problemas é alta. Quando falta organização e praticidade, nem sempre os documentos preenchidos pelos funcionários refletirão a realidade.

No caso contrário, quando se há uma gestão de jornada mais controlada e prática, o conflito de palavra é sanado e, consequentemente, o clima organizacional da empresa tende a melhorar.

3- Economia de tempo

Geralmente, é o setor de recursos humanos que lida com a jornada dos funcionários, sendo mais um dos processos do RH. Todos sabemos que acompanhar o tempo de trabalho dos funcionários é essencial para uma empresa, mas há outros fundamentos dentro desse setor.

Normalmente, o RH acompanha os membros de diversas maneiras e possui muitos focos de atuação dentro de uma empresa.

Como dissemos no tópico 2, praticidade e eficiência poupam conflitos internos. Poupando-os, sobra mais tempo para o RH agir sobre assuntos mais urgentes e necessários.

4- Aumento da produtividade

Seguindo na mesma linha de raciocínio do tempo economizado: imagine que, atualmente, o departamento de RH da sua empresa tivesse mais de 24 horas em um dia. Como isso poderia ser aproveitado?

O RH é capaz de ampliar a produtividade de todos os colaboradores operando sobre cada um. Ele impacta diretamente nos resultados da empresa toda.

Tendo mais tempo para trabalhar em outros assuntos, o trabalho do setor de recursos humanos poderia se tornar mais efetivo. Os membros poderiam ser mais bem amparados, com mais necessidades sendo atendidas, mais espaço para ideias inovadoras no RH e um clima melhor dentro da empresa.

Conseguiu enxergar a relação de causa e consequência entre a economia de tempo do RH e a produtividade geral da sua empresa? Tudo isso pode acontecer tornando mais práticos e efetivos os seus processos.

5- Tranquilidade

Tranquilidade é um motivo que consideramos extremamente valioso para um negócio. Ela é consequência de tudo que descrevemos acima.

Quando falta eficácia em certos processos, sempre há um pé atrás com relação aos problemas que vão aparecer e quais conflitos terão que ser resolvidos.

Adotar um mecanismo decisivo deixa todos os membros da empresa com a tranquilidade de que aquilo ficará bem e que haverá um motivo a menos para se preocupar.

Como você pode ver, a medição prática da jornada de trabalho impacta positivamente tanto nos funcionários quanto nos seus resultados. Desta maneira, a empresa toda sai ganhando.

E você? Gostaria de ter mais praticidade e resultados na sua empresa?

Tenha uma conversa sem compromisso com um dos nossos especialistas e descubra como! Envie uma mensagem para (31) 3409-6695 e te atenderemos com todo o prazer!

Ou então clique aqui e deixe seu contato para que possamos entrar em contato!

André PintoDiretor Comercial