AR e VR: O que são essas tecnologias?

As tecnologias de Realidade Aumentada (AR) e Realidade Virtual (VR) estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia. Apesar de terem nomes parecidos, elas têm características bem diferentes. Para entender melhor esses conceitos, vamos analisar os seus nomes.

Quando falamos de Realidade Aumentada, referimos ao termo “realidade” como o mundo real e o termo “aumentada” como um conteúdo digital. Dessa forma, podemos definir que uma aplicação em AR representa o mundo real integrado com algum recurso digital.  Alguns exemplos em que essa tecnologia é aplicada é quando o usuário direciona a câmera do seu smartphone para um objeto e ele retorna um objeto animado para melhorar a experiência do mesmo.

Quando falamos de Realidade Virtual, referimos a um mundo totalmente virtual, onde toda interação é feita nessa realidade, diferente do AR que o mundo físico interage com a aplicação. Toda aplicação em VR gera uma imersão para o usuário. Ela pode ser total, como no caso de um óculos de VR, onde o usuário pode movimentar a cabeça e ver o mundo de um ângulo diferente.  A interação também pode ser parcial, como em uma sala com projetores, nesse caso quando o usuário olhar para cima ele irá ver os projetores e não o mundo virtual. Uma aplicação com VR bastante útil para a engenharia automotiva, por exemplo, é a criação de um ambiente para simular os veículos em tamanho real.

O que esperar?

Vale ressaltar que VR e AR não competem entre si. As duas possuem aplicações muito específicas. Esperamos que, assim como todas as tecnologias, a VR e AR evoluam rapidamente, assim como a ciência dos dados. A realidade aumentada pode revolucionar, no momento certo, a cirurgia cerebral e a reconstrutiva por exemplo. Ou então poderá facilitar muito nos exames de tomografia ou então ressonância quando projetada sobre o corpo do paciente.

Falando um pouco mais sobre a nossa área de engenharia, imagine essa ferramenta sendo utilizada em construções e decorações, tornando-as mais eficientes e mais práticas de serem vistas e preparadas.

No caso da realidade virtual a situação é parecida: você quer comprar um decorar sua nova casa. Basta colocar um óculos de VR e você vai ser capaz de visualizar tudo aquilo que imaginou. Evitando que tenha o desprazer de não gostar de algo e só perceber isso quando estiver pronto.

O futuro

Estima-se que haja um crescimento de mercado enorme em relação a essas tecnologias. Consequentemente fazendo com o que o preço seja reduzido, tornando-as mais acessíveis. A tendência é, no futuro, nos perguntarmos como vivíamos sem esse tipo alternativo de tecnologia. Assim como fazemos hoje com a internet, a televisão e outros meios em que estamos inseridos. Tudo esse aperfeiçoamento está inserido no que chamamos de transformação digital, são meios e técnicas utilizadas para tornar a experiência tanto do usuário quanto para o empresário melhores.

E aí, você está preparado(a)? Já usou algumas dessas tecnologias? Achou útil?

Bruno OliveiraAssessor de Publicidade
O Seu Conteúdo Fica Aqui