fbpx
Sistema Web revolucao digital

O século XXI é digital. Não importa se por bem ou por mal, tudo o que fazemos hoje envolve, de alguma maneira, a internet. Tornamo-nos dependentes dela e isto é uma tendência que cada dia que passa tende apenas a crescer. 


A quarta revolução industrial está acontecendo diante dos nossos olhos, todo ano, a cada novo serviço lançado, novo smartphone, nova rede social, nova plataforma de streaming; tudo gira em torno da inovação, da busca pela eficiência e a integração entre o mundo físico e o digital. Não há mais caminho de volta, estamos completamente imersos nessa nova realidade.


Mas o que faz com que esse novo mundo seja tão atraente? Por que arbitrariamente trocamos o papel por uma série de números binários em uma tela? Não é mais confiável, afinal, creditar nossas economias, tempo e esforço em algo palpável? Talvez você tenha estes questionamentos, e é isto que iremos elucidar. 


Toda essa história provém da máxima de qualquer comércio que se preze: o consumidor. Tudo hoje gira em torno disto. Buscamos, de todas as maneiras, conseguir dez segundos de atenção dos olhos despretensiosos que deslizam a tela de um celular. Isso pois, a cada momento extraído, temos um novo cliente em potencial; aqui está a chave de tudo. 


Nesta realidade, apenas três segundos são necessários para se perder atenção. E nós precisamos estar preparados. Ao olharmos à nossa volta, não há qualquer empresa, grande, média ou pequena que fuja deste horizonte.


Para expor nosso ponto, selecionamos algumas empresas ditas como Estado Da Arte em seus ramos que acabaram caindo na obsolescência do mercado, isto é, falindo ou perdendo quase todo seu valor de mercado por evitarem se inovar, ou não migrarem para o digital:

Olhemos, por exemplo, a Blockbuster, empresa que um dia já possuiu mais de 9(nove) mil filiais em todo o mundo. É de espantar que uma empresa de tal porte possa cair nesta intrincada realidade. A história de sua derrocada pode ser contada de uma forma muito simples: a Netflix inovou. 


Trouxe suas mudanças para o digital, a um toque de distância, prezando ao máximo pela experiência prazerosa do cliente com seu produto, e assim acabou com todo um império. Fato interessante nesse relato é que a Netflix fez esta proposta à Blockbuster antes de executá-la efetivamente. O fim da história nós já sabemos. 


Entendemos desta maneira que é de supra importância para se manter vivo no mercado atual que tenhamos uma presença virtual marcante. E assim, imagino que você queira saber como podemos fazer isso, como implementar isto em nossa realidade. E é aqui que nós, da CPE, entramos.


Trabalhamos hoje com os chamados Sistemas WEB, que, em resumo, visam solucionar os mais diversos problemas de uma empresa por meio de softwares de gerenciamento, organização ou até marketplaces. O limite é a criatividade do cliente para com a solução do seu sistema. 


Olhemos, por exemplo, um sistema construído por nós. O Bombas WEB, nosso nome interno do projeto, era um sistema simples, porém inventivo. O cliente veio à nós com a ideia de otimizar seu sistema de gerenciamento de bombas de piscina, uma dor apontada pelo cliente era o desconhecimento do problema técnico ocorrido às suas bombas quando em mãos do cliente, e assim, um gasto excessivo com envio de manutenção, muitas vezes mal-aproveitado, e, repetidamente passível de uma solução à distância; ele queria uma maneira de melhorar o produto entregue pela sua empresa. 


Assim surgiu a proposta deste sistema, usando ambos conhecimentos de hardware quanto software, fizemos possível um sistema de monitoramento de bombas à distância, o qual permite ao gestor analisar tudo que acontece ao cliente, sem precisar sequer sair de seu escritório. Das mais diversas variáveis utilizadas pelo seu sistema, até os detalhes da máquina sendo utilizada. Tornando possível assim, uma enorme economia, tempo de serviço, e diversas outras variáveis.


Sumarizando, tudo é possível com programação. Essa é sua beleza. Nós estamos aqui para poder te ajudar a entrar nesta nova dimensão, a uma mensagem de distância para ser direcionado para o nosso suporte de atendimento.


Agora a pergunta é: Você está preparado para entrar nesse novo mundo?

Igor Amoras

Igor Amoras

Pós-Júnior

Compartilhe esse post: